13 de maio de 2008

13 de Maio

Eu sou descendente de Zumbi
Zumbi é meu pai e meu guia
Me envia mensagens do orum
Meus dentes brilham na noite escura
Afiados como o agadá de Ogum
Eu sou descendente de Zumbi
Sou bravo valente sou nobre
Os gritos aflitos do negro
Os gritos aflitos do pobre
Os gritos aflitos de todos
Os povos sofridos do mundo
No meu peito desabrocham
Em força em revolta
Me empurram pra luta me comovem
Eu sou descendente de Zumbi
Zumbi é meu pai e meu guia
Eu trago quilombos e vozes bravias dentro de mim
Eu trago os duros punhos cerrados
Cerrados como rochas
Floridos como jardins

Carlos Assumpção


Cicatrizes

Em meu corpo ainda trago as cicatrizes do passado
Em que naquele tempo a dor estava presente
Um tronco, um preso e o pé acorrentado
Chorava, gritava, gemia e a justiça era ausente!
(...)

Em meu destino não tenho esperança, vejo escravidão!
Fui marcado a ferro! Escravo do amor e do preconceito!
No coração fiquei sozinho chorando junto a solidão!

Ainda recordo, tristemente... A cada sol que nascia
Meus dentes eram forçados a sorrir. Á noite a lua me vestia!
Hoje, ainda cansado, carrego nas mãos a carta de alforria

Ivaneti Nogueira















A mão da limpeza
Gilberto Gil

O branco inventou que o negro

Quando não suja na entrada
Vai sujar na saída, ê
Imagina só
Vai sujar na saída, ê
Imagina só
Que mentira danada, ê
Na verdade a mão escrava
Passava a vida limpando
O que o branco sujava, ê
Imagina só
O que o branco sujava, ê
Imagina só
O que o negro penava, ê
Mesmo depois de abolida a escravidão
Negra é a mão
De quem faz a limpeza
Lavando a roupa encardida, esfregando o chão
Negra é a mãoÉ a mão da pureza
Negra é a vida consumida ao pé do fogão
Negra é a mão
Nos preparando a mesa
Limpando as manchas do mundo com água e sabão
Negra é a mão De imaculada nobreza
Na verdade a mão escrava
Passava a vida limpando
O que o branco sujava, ê
Imagina só
O que o branco sujava, ê
Imagina só
Eta branco sujão
***


120 anos depois ainda não há motivos para comemorações. Hoje não é dia de festa e sim de reflexão.
O pré-conceito prende tanto quanto uma corrente de ferro e fere mais que uma chibatada.

15 comentários:

  1. É verdade, tinha até me esquecido ..
    Hoje é dia de lembrar que existe gente preta no mundo !!

    Beijo, Naninha !!

    ResponderExcluir
  2. É o que comemoraríamos? Um ato político que só fez, por incrível que pareça, foder ainda mais a vida dos negros? Comemorar o não uso da mão de obra assalariada negra e importar semi-escravos italianos? Comemorar a distância discrepante entre o IDH do negro e do branco no Brasil? Comemorar que um negro que ocupa o mesmo cargo que um branco ganhe menos que ele? Comemorar a maioria de negros que compõem o sistema carcerário? Os sub-empregos a que eles têm direito - e olhe lá?
    Silencio pelas meninas negras querendo ficar cada vez mais brancas, porque elas também querem obedecer ao padrão de beleza do qual sempre estão excluídas, silencio pelo meu amigo negro e médico que ganha quase a metade do que seu colega de trabalho branco ganha, ocupando a mesma função, silencio pela ex-vizinha que foi tirada da piscina do condomínio por ser negra - ela era dona das duas coberturas, pelo primo impedido de entrar no clube, e por tantos outros despaupérios que nem sei... Quando começo a pensar no ser humano, duvido da perfeição de Deus. =(

    Essa música do Gil é sensacional.

    ResponderExcluir
  3. Ora ai é que está a questão:Deus não criou pessoas diferentes mas as pessoas começaram a ver diferenças em si.É ai que está a perfeição de Deus, mostrar as pessoas que todos são iguais.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. O princípio é o mesmo para todos nós.
    Mas Deus nos fez com algumas diferenças sim.
    O problema é que alguns se sentiram superiores aos outros, quando na verdade o que Deus queria era ensinar a respeitar esss diferenças.
    O caminho não foi mal traçado por Deus, nós é que mudamos a direção.

    ResponderExcluir
  6. Ora ai é que está a questão:Deus não criou pessoas diferentes mas as pessoas começaram a ver diferenças em si.É ai que está a perfeição de Deus, mostrar as pessoas que todos são iguais.[2]

    \o/

    Beijão

    ResponderExcluir
  7. Deus errou na mão... não tinha que ter criado pessoas!

    ResponderExcluir
  8. Eu trago quilombos e vozes bravias dentro de mim
    Eu trago os duros punhos cerrados
    Cerrados como rochas
    Floridos como jardins


    Adorei os poemas e menções Nana, obrigado por ter visitado meu blog... Achei aconchegante teu espaço...
    Podemos tomar um café? ;) rsrs

    Bjs
    Leandro

    ResponderExcluir
  9. "O pré-conceito prende tanto quanto uma corrente de ferro e fere mais que uma chibatada."

    Dissestes tudo minha amiga. Tudo. É a grande verdade. (E que belíssimas imagens!)

    ResponderExcluir
  10. E que letra do Gil!

    E que boa música do Nelson Gonçalves tocando aqui...

    ResponderExcluir
  11. Olah me Chamo Marcoss
    e passando por aqui ah alguns dias
    venho vendo o que vc escreve
    estou simplesmente louco por vc!!
    tudo que escreve toca em meu peito seu cantinho aqui e muito bomm

    bate contudo que eu penso e vivo
    vc e demais Nana!!
    continue assim Linda!!es uma diva pra mim
    beijos

    ResponderExcluir
  12. Uia !!

    Aeeeeeee, Naninha ..
    Arrebentando corações !! =P

    ResponderExcluir
  13. Nana a poderosa da blogosfera!!

    ResponderExcluir
  14. Eu sou suspeita para falar de CICATRIZES,
    Mas adoro esta poesia, que em um só contexto
    fala da vida, da perda com a dor de grande amor!!!
    Obrigado Nana
    Beijos em tua alma
    Net

    ResponderExcluir
  15. 13/05
    Esta chegando mais um ano
    Em que tantos sofrem os
    Ecos que fizeram sofrer
    Parte da humanidade.
    Ivaneti

    ResponderExcluir

Aqui você NÃO tem o direito de ficar calado.

"Quando falares, cuida para que tuas palavras sejam melhores que teu silêncio."
Provérbio Indiano


ATENÇÃO: Cuidado ao publicar endereço de e-mails, MSN e afins. Pense na sua privacidade!

Apenas a Panela

Lavanderia Virtual Me leva com você! Turma do Amigão Na casa da Vovó Bruxas e Fadas Entre Marés: navegar é preciso! O que eu também não entendo Equilíbrio Distante Espírita na Net Oficina Espírita Re-Novidade Magnetismo Nova Poesia Ai, meus sais! Coisas Nossas...
 

©2009Apenas Nana |Customizado por Dulce Miller by TNB